sábado, 3 de outubro de 2009

Mais Veloz!


Vou sair pra ver o céuVou me perder entre as estrelasVer daonde nasce o solComo se guiam os cometas pelo espaçoE os meus passos, nunca mais serão iguaisSe for mais veloz que a luz, então escapo da tristezaDeixo toda a dor pra trás, perdida num planeta abandonado no espaço. E volto sem olhar pra trásNo escuro do céuMais longe que o solPerdido num planeta abandonadoNo espaço...Ele ganhou dinheiroEle assinou contratosE comprou um ternoTrocou o carroE desaprendeuA caminhar no céuE foi o princípio do fimSe for mais veloz que a luzEntão escapo da tristezaDeixo toda a dor pra trásPerdida num planeta abandonadoNo espaço e volto sem olhar pra trás...

quarta-feira, 30 de setembro de 2009



Basta-me um pequeno gesto, feito de
longe e de leve, para que venhas comigoe
eu para sempre te leve...

Prima Vera!

Algum dia, talvez, nada mais vai ser assim. Algum dia, talvez, os homens terão a primavera que desejarem, no momento que quiserem, independentes deste ritmo, desta ordem, deste movimento do céu. E os pássaros serão outros, com outros cantos e outros hábitos, — e os ouvidos que por acaso os ouvirem não terão nada mais com tudo aquilo que, outrora se entendeu e amou.
Porém eu sei que o amor nada mais é que um sentimento forte e ao mesmo tempo tolo e bobo... não importa eu amo mesmo assim... ♥
È nem preciso dizer né...
tudo faz muito sentido!
Concerteza é pra sempre....

quarta-feira, 23 de setembro de 2009


A Cruz sagrada seja minha Luz
Não seja o Dragão meu guia
Retira-te Satanas
Nunca me aconse-lhes coisas vãs
É mal o que tu me ofereces
Bebe tu mesmo do teu veneno

Liberdade!


Dentre o que posso te oferecer
Te ofereço minha liberdade
Ainda tímida, recém saída
Do invólucro da invisibilidade
Que a mantinha prostrada
Débil , escondida

Te ofereço meus sentimentos inacabados
Ainda não burilados
Em minhas portas e janelas
Há muitas crenças abauladas
Muitas vontades
Em becos fétidos guardadas

Preciso sorver a essência da amenidade
O brilho tenaz da humildade
Não há sapiência
Na vaidade
Não há vida
Sem verdadeira serenidade

Interessa-me a alma
Despretensiosamente vestida
Quero trocar o casaco de pele
Pela blusa velha , puida
Leve e despojada
Num encontro decisivo com o nada

Calço a consciência
Com chinelos surrados
Desafrouxo os cintos apertados
Deixo os pés descalços simplesmente
Ainda que por um evaporável instante
Do meu caminhar errante

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009


Não te trago ouro,Porque ele não entra no céu E nenhuma riqueza deste mundo Não te trago flores, Porque elas secam e caem ao chão Te trago os meus versos simples, Mas que eu fiz de coração.

sábado, 10 de janeiro de 2009


Foi por medo de avião
Que eu segurei
Pela primeira vez
A tua mão
Um gole de conhaque
Aquele toque em teu cetim
Que coisa adolescente
James Dean...Foi por medo de avião
Que eu segurei
Pela primeira vez
A tua mão
Não fico mais nervoso
Você já não grita
E a aeromoca, sexy
Fica mais bonita...Foi por medo de avião
Que eu segurei
Pela primeira vez
A tua mãoAgora ficou fácil
Todo mundo compreende
Aquele toque Beatle
I wanna hold your hand
Agora ficou fácil
Todo mundo compreende
Aquele toque Beatle
I wanna hold your hand
Aquele toque Beatle
I wanna hold your hand...Yeh, Yeh, Yeh!Yeh, Yeh, Yeh!Yeh, Yeh, Yeh!Yeeeh!

bendito encontro na vida amigo

é tão forte quanto o vento quando sopra

tronco forte que não quebra, não entorta

podes crer, podes crer,eu tô falando de amizade!!!!!! te amooooo

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009


Preconceito, é um conceito retardado
É um sentimento sem a mínima noção da lógica
Pretos, brancos, pardos, azuis e amarelos
Na realidade são vermelhos
Todo mundo é vermelho por dentro
Todo mundo é igual
Todo mundo é bicho gente
Mais nós, seres humanos, somos os únicos da espécie animal a fazer diferença entre cores e raças
Por que somos os únicos animais com estupidez suficiente para pensar de forma deselegante
Preconceito é pequenez de alma
Judeus, Árabes, Afros
São tão iguais quanto católicos, Americanos, e Alemães
Mais nossa estupidez não deixa esse pensamento ser algo pratico
Preconceito não é crime
É tolice
Deveras, não se deve punir um preconceituoso
Deve-se ter misericórdia
Preconceito é flor murcha
É espinho solitário
É caminho ao abismo da eterna solidão
Preconceito é falta de luz
Por que negros, brancos, amarelos e azuis
São todos um único corpo
Que dá forma ao universo das múltiplas formas da criação de Deus.